16/05/2024 17:40 | Infraestrutura

Estado fará estudo para atualizar projeto de construção de barragem da bacia do Rio Mundaú

Proposta foi aprovada no Novo PAC e estudo viabilizará construção para diminuir efeitos das cheias nos municípios



Afranio Aquino e Camylla Klévia / Ascom Seinfra

O Governo de Alagoas conseguiu, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), aprovar a elaboração de estudos para a atualização do projeto de construção da barragem M3, na bacia do Rio Mundaú. 


A Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) tem um estudo para oito barragens e um projeto de quatro barragens, de um convênio firmado em 2013. Os documentos precisam ser atualizados e complementados, assim como os estudos ambientais e de viabilidade que a nova legislação (Lei n° 14.066/2020) obriga.


“A Seinfra conseguiu inserir no PAC a atualização e complementação dos projetos da barragem M3, que o estudo mostra que é a mais importante, tanto a atualização dos projetos de engenharias e estudos ambientais como outros necessários para uma construção desse porte”, disse o secretário de Infraestrutura, Gustavo Torres.


O objetivo do estudo é viabilizar a construção da barragem para a contenção de cheias no estado. A reestruturação desse planejamento é de suma importância, considerando a ocorrência de novos eventos hidrológicos - fenômenos naturais com potencial para causar sérios danos às regiões por ele atingidas.


Alguns fatores beneficiados com a progressão desse estudo serão a atualização do diagnóstico ambiental, incluindo áreas de preservação e análise dos impactos ambientais. O projeto vai beneficiar cerca de 210 mil alagoanos.