23/11/2022 17:45 | Saúde

Saiba como o Hemoal irá funcionar durante os jogos do Brasil na Copa do Mundo de Futebol

Voluntários devem atentar também para os pré-requisitos exigidos pelo Ministério da Saúde para doar sangue

Voluntários devem usar máscara no momento de doar sangue

Carla Cleto


Josenildo Törres / Ascom Sesau

Durante os dias em que a Seleção Brasileira de Futebol irá jogar pela Copa do Mundo, as Unidades do Hemocentro de Alagoas (Hemoal) irão funcionar, mas com alterações pontuais nos horários de atendimento. Em Maceió, os Postos de Coleta do Trapiche e da Via Expressa irão abrir das 7h às 18h; já em Arapiraca, o Posto de Coleta do Eldorado funcionará das 7h às 12h.


Conforme cronograma divulgado pela Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA), a Seleção Brasileira de Futebol irá estrear na Copa do Mundo do Qatar nesta quinta-feira (24), jogando às 16h contra a Seleção da Sérvia. Na segunda-feira (28), a partida contra a Seleção da Suíça será às 13h e na sexta-feira (2) de dezembro, o jogo contra a Seleção de Camarões vai ocorrer às 16h.


Entretanto, os voluntários devem observar os pré-requisitos exigidos pelo Ministério da Saúde (MS) para se candidatar à doação de sangue. Isso porque, diante de um momento festivo, onde as pessoas devem se reunir para torcer pela Seleção Brasileira, é necessário dormir pelo menos 6 horas na noite anterior à doação e não ingerir bebidas alcoólicas nas últimas 12 horas que antecedem o procedimento, bem como, evitar o consumo de alimentos gordurosos.


É também necessário que os candidatos à doação de sangue estejam usando máscara, apresentem documento de identificação oficial e original com foto, tenham peso igual ou superior a 50 quilos e idade entre 16 a 69 anos. No caso dos menores de 18 anos, é obrigatória a presença dos pais ou responsáveis legais para que autorizem o procedimento, conforme portaria do MS.


Impeditivos

De acordo com a médica Verônica Guedes, gerente do Hemoal, ficam proibidas de doar sangue permanentemente as pessoas que tenham contraído doença de Chagas, Aids, sífilis e hepatite após os 11 anos. “Já os voluntários que tenham colocado piercing, feito tatuagem, maquiagem definitiva ou micropigmentação, o impedimento é por um ano, contados a partir da data de realização do procedimento”, informou.

Quanto às mulheres, a doação de sangue é permitida, desde que não estejam grávidas ou amamentando. Para repetir o procedimento, ainda segundo portaria do MS, elas devem respeitar um intervalo mínimo de três meses. Já no caso dos homens, o impedimento momentâneo é de dois meses.


Covid-19

No caso dos candidatos à doação de sangue que tenham sido infectados pelo Novo Coronavírus, o impedimento de doar sangue ocorre pelo período de 10 dias, contados após a recuperação. Já as pessoas que tiveram apenas contato com um paciente infectado e, nos sete dias subsequentes, não apresentaram sintomas da Covid-19, podem doar sangue normalmente.


Para os voluntários que se vacinaram contra a Covid-19, é necessário respeitar um intervalo de 48 horas, caso a vacina recebida tenha sido a CoronaVac. Já para quem recebeu as vacinas AstraZeneca, Pfizer e Janssen, o intervalo é de sete dias.