23/11/2022 10:22 | Meio Ambiente

Fórum de mudanças climáticas debate ações para Alagoas

Representantes de vários setores participam da discussão

Evento reuniu representantes da sociedade civil, do setor empresarial e do terceiro setor

Ascom Semarh


Ândrei Costa

Especialistas de várias áreas participaram, na terça-feira (22), da IV Reunião do Fórum Alagoano de Mudanças Climáticas para debater e analisar ações que detenham os impactos causados pela emissão e carbono no meio ambiente. Realizado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), o encontro busca avançar no enfrentamento aos impactos decorrentes das mudanças climáticas no planeta.

 

Segundo Marcelo Ribeiro, superintendente de Meio Ambiente da Semarh e mediador do Fórum, o evento conseguiu reunir os principais segmentos para debater o tema, “Tivemos representantes da sociedade civil, do setor empresarial e do terceiro setor participando dos debates, que visam a construção de uma política participativa e democrática para combater os efeitos das mudanças climáticas”, afirmou.

 

O secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas, Gino César, afirmou que irá apresentar ao governador Paulo Dantas a sugestão para criação, por meio de uma lei delegada, da Superintendência de Mudanças Climáticas, além de oficializar o Fórum.

 

"No âmbito geral, o Brasil está assumindo outra postura em relação ao meio ambiente e isso significa um novo tempo para a política ambiental. Então, como não poderia ser diferente, Alagoas irá cumprir a sua parte. Estou muito esperançoso com esta mudança. Espero que o Fórum possa ser bastante produtivo e que daqui saiam novas ideias para as nossas ações”, afirmou o secretário.