22/11/2022 20:13 | EducaçãoGestão e FinançasDesenvolvimento HumanoUtilidade Pública

Em Oxford, Paulo Dantas irá debater ações inovadoras para a Educação e apresentar cases de Alagoas

Escola 10 e CRIA serão apresentados em encontro com a presença de líderes internacionais

Rafael Maynart/ Agência Alagoas

Em Oxford, na Inglaterra, o governador Paulo Dantas utilizou suas redes sociais nesta terça-feira (22), para comemorar a participação de Alagoas no Encontro de Altas Lideranças, realizado na Universidade Oxford. Ele destacou que pretende debater assuntos relativos ao desenvolvimento do capital humano, bem como apresentar os programas de sucesso que o Estado desenvolve na área da educação, como o Escola 10 e o CRIA.


O governador viajou a convite da Fundação Lemann, que há 20 anos atua no país trabalhando em parceria com o poder público no desenvolvimento de ações inovadoras voltadas para a Educação. Essa é a primeira viagem internacional desde que assumiu o Governo de Alagoas em maio deste ano.


De acordo com Paulo, o encontro vai servir para aprofundar o debate sobre o desenvolvimento da educação, a fim de desenvolver ações inovadoras para melhorar ainda mais os índices no Estado. “Nós vamos tratar temas importantes e centrais, colocar luz em projetos na educação em Alagoas. Nós já avançamos com o Escola 10, com o cartão Escola 10, que diminuiu a evasão escolar, trazendo mais de 40 mil alunos para a sala de aula. Isso foi fundamental, mas precisamos avançar ainda mais, porque nós temos ainda um número elevado de analfabetos. Nós vamos trocar experiências aqui com muitos líderes nacionais e internacionais”, disse.


“Vamos tratar de projetos importantes e inovadores para desenvolver ainda mais o nosso capital humano, para levarmos todas as condições para a cidadã e o cidadão do Estado de Alagoas, para que ele seja completamente valorizado e esteja capacitado para ingressar no mercado de trabalho”, concluiu.


Além do Encontro de Altas Lideranças, a agenda do governador na Inglaterra prevê encontros com investidores internacionais interessados no mercado brasileiro e na capacidade produtiva de Alagoas.