10/08/2021 14:11 | Infraestrutura

Em Dois Riachos, Governo do Estado dá a largada para o Alagoas de Ponta a Ponta

Programa visa pavimentar os acessos de cerca de 40 distritos e povoados, interligando-os às cidades e beneficiando mais de 250 mil alagoanos que vivem na zona rural

Márcio Ferreira


Severino Carvalho

O governador Renan Filho e o secretário de Transporte e Desenvolvimento Urbano, Mosart Amaral, lançaram, nesta terça-feira (10), o programa Alagoas de Ponta a Ponta. A largada foi dada no distrito de Pai Mané, em Dois Riachos, que será beneficiado com a pavimentação asfáltica do acesso à comunidade, interligando-a à BR-316. A iniciativa vai atuar em cerca de 40 distritos e povoados alagoanos, conectando-os às cidades, com um investimento superior a R$ 400 milhões, recursos próprios do governo estadual.


"Depois que fizemos o acesso a todas as cidades, agora vamos - por meio do Alagoas de Ponta a Ponta - ligar também vários distritos importantes às sedes dos municípios, o que vai melhorar e muito a vida das pessoas", afirmou Renan Filho, ao lado do prefeito de Dois Riachos, Ramon Camilo.

O objetivo do programa é proporcionar mais mobilidade, qualidade de vida e desenvolvimento socioeconômico aos moradores dos povoados espalhados por todas as regiões do estado.


"Vamos fazer de 30 a 40 acessos em Alagoas até o final de 2022. Trata-se, portanto, de um programa robusto, que vai garantir ligação asfáltica para cerca de 250 mil alagoanos que residem na zona rural", anunciou o governador.

Em Pai Mané, o Alagoas de Ponta a Ponta vai investir R$ 9,2 milhões, recursos do governo estadual, na pavimentação dos 5,7 quilômetros que conectam o distrito à BR-316, em Dois Riachos.

O prefeito Ramom Camilo informou que a implantação da nova rodovia vai beneficiar diretamente mais de 2 mil moradores. "A construção dessa pista ultrapassa as pessoas que moram aqui. A perspectiva do município, além de tudo, é alavancar o turismo e o setor produtivo dessa região", destacou Ramon Camilo.

A agricultora Elda de Melo Silva, 51, mora em Pai Mané há 17 anos. Ela conta que a construção da rodovia é uma reivindicação que se arrasta há décadas e que, enfim, será atendida.

"A estrada de barro está cheia de buracos. Há muitos anos que vem desse jeito: acaba com os carros e, às vezes, acontecem muitos acidentes por causa dessa buraqueira. Agora, com a pista, vai melhorar muito", festeja a moradora.

Além da implantação e pavimentação asfáltica, o Alagoas de Ponta a Ponta ainda prevê a implantação de ciclovias e serviços de urbanização nos trechos de estrada.

"Onde a gente puder fazer ciclovia, vamos fazer, a exemplo daqui. Isso será um dos diferenciais desse programa", assegurou Mosart Amaral.

Renan Filho adiantou que outros distritos e povoados em Alagoas serão contemplados pelo programa Alagoas de Ponta a Ponta, a exemplo dos acessos à Serra dos Cavalos, em Água Branca; a Campinhos, em Pariconha; à Agrisa, em Joaquim Gomes; ao Caldeirão, em Igaci; ao Bonifácio, em Palmeira dos Índios; à Porongaba, em Atalaia; dentre outros.

"Temos muitas ligações em Alagoas que serão feitas. Depois, vou apresentar a lista com calma aos alagoanos", prometeu.

Ainda no distrito de Pai Mané, em Dois Riachos, Renan Filho visitou a casa de Mônica Melo, mãe do pequeno Enzo Gabriel. Ela é uma das 478 beneficiárias do Programa Criança Alagoana - CRIA. No município, a meta é assistir 705 famílias com o auxílio mensal de R$ 100.