24/11/2022 12:32 | Gestão e Finanças

Sefaz retém cerca de 170 mil mercadorias sem nota fiscal no aeroporto de Maceió

Operação foi realizada pelas equipes da Central de Operações Estratégicas, na terça e quarta-feira

Fiscalização no setor de embarque e desembarque de passageiros apreende mercadorias sem nota fiscal


Ascom Sefaz-AL

As equipes da Central de Operações Estratégicas (COE), da Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz-AL) realizaram uma operação  essa semana, na qual foram retidos 30 volumes de peças de vestuário no Aeroporto Zumbi dos Palmares, localizado em Maceió.

 

A fiscalização aconteceu no setor de embarque e desembarque de passageiros do aeroporto e as mercadorias estavam sem as notas fiscais. O superintendente da Receita Estadual, Francisco Suruagy, explica que o órgão procura realizar essas ações com frequência.

 

A Secretaria da Fazenda está incansavelmente em busca de proteger os bons contribuintes alagoanos que não podem ser penalizados, nem prejudicados com essa prática de alguns comerciantes que insistem em sonegar e não pagar os seus impostos. Sonegar imposto é prejudicar toda uma sociedade, saúde, educação, infraestrutura, segurança pública, e penalizar ainda mais a sociedade, principalmente os vulneráveis”, reforça.