25/11/2022 13:19 | Segurança

Polícia Militar promove aula inaugural do 1º Curso de Força Tática

Aula inaugural ocorreu nesta sexta-feira (25), no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, no bairro Jaraguá, em Maceió

Turma de especialização para oficiais e praças, que integram a primeira turma do Curso de Força Tática (CFT) do efetivo operacional

Ascom PMAL


Ascom PMAL

A Polícia Militar de Alagoas (PMAL) iniciou uma nova especialização para 48 militares, entre oficiais e praças, que integram a primeira turma do Curso de Força Tática (CFT) do efetivo operacional. O 1º CFT é desenvolvido pela Academia de Polícia Militar Senador Arnon de Mello (APMSAM) e coordenado pelo Batalhão de Polícia de Rotam (BPM de Rotam). A aula inaugural ocorreu nesta sexta-feira (25), no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, no bairro Jaraguá, em Maceió.

 

A mesa de honra foi composta pelo coronel Paulo Amorim, comandante-geral da PMAL, acompanhado do coronel Gerônimo do Nascimento, subcomandante-geral, dos coronéis Marcos Sampaio, comandante do Policiamento do Interior (CPI), e Walter do Valle, chefe do Gabinete do Comandante-geral, o subdiretor da Diretoria de Ensino da PMAL, tenente-coronel Carlos Azevedo, e o comandante do BPM de Rotam, major Lima Lins. O tenente-coronel Patrick Madeiro, secretário executivo de Políticas de Segurança Pública de Alagoas (SSP), além de integrar a mesa, foi o palestrante com o tema: A Evolução do Patrulhamento Tático em Alagoas. Também estiveram presentes oficiais e praças, representantes de unidades operacionais da capital e do interior.

 

“A qualificação constante é imprescindível para o serviço policial militar. Este curso é de grande importância. Parabéns também aos que fazem a Rotam os senhores são referência. Fico feliz por ver a presença de representantes de diversas unidades da capital e do interior integrando a turma”, enfatizou o coronel Paulo Amorim que, dirigindo-se aos alunos, complementou: “Dediquem-se, aprendam, se desenvolvam e se especializem. Bom curso a todos sob a benção de Deus”, finalizou o comandante-geral.

 

O major Lima Lins agradeceu o apoio do Comando-geral e, de forma especial, por viabilizar a vinda de oficiais da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar, da Polícia Militar de São Paulo) para endossar as instruções.“O Batalhão de Rotam é uma tropa especializada que tem como objetivo operar e dar treinamento. Este curso consolida esta missão. Entre 152 inscritos, 48 militares foram selecionados por ordem classificatória e integram a turma após passarem por um rigoroso processo seletivo. O objetivo do 1º CFT é formar um grupamento de policiais de força tática – uma fração que tem grande importância em uma unidade operacional”, destacou o comandante do batalhão especializado enfatizando o diferencial de promover uma especialização desse nível num contexto de fim de ano, em meio ao período festivo e de Copa do Mundo.

 

O curso

O CFT possui carga horária de 205 horas-aulas e grade curricular contendo 18 disciplinas. Entre elas estão: Uso Diferenciado da Força; Doutrina de Força Tática; Abordagem de Força Tática a Pessoas, Veículos e Edificações; Técnicas Individuais de Combate; Sobrevivência Policial; Noções de Operações de Inteligência, entre outras disciplinas. As aulas serão ministradas por instrutores capacitados e selecionados pela Academia de Polícia Militar Senador Arnon de Mello (APMSAM). O curso será coordenado pelo tenente Martiliano, acompanhado do tenente Rodolfo.

Força Tática

A doutrina de Força Tática foi implantada em Alagoas no ano de 2003 a partir do primeiro grupamento originário do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Na época, militares lotados no 5º BPM foram ao Batalhão de Radiopatrulha (antiga denominação do BPM de Rotam), para frequentar o estágio de radiopatrulhamento. A fração de tropa foi qualificada e preparada para a nova modalidade de policiamento que seria empregada na Corporação alagoana. Posteriormente a doutrina, na prática, se expandiu para outras unidades.