24/11/2022 14:07 | Educação

Na Inglaterra, Paulo defende mais parcerias para que Alagoas melhore índices da educação

Em Oxford, governador aponta para investimentos na qualificação de diretores e profissionais de ensino

Paulo Dantas, ao lado de Jorge Paulo Lemann, presidente da Fundação Lemann, idealizador do Encontro Anual de Lideranças

Divulgação


Agência Alagoas

Na abertura de um dos mais importantes encontros de Educação do mundo, o governador Paulo Dantas defendeu a atração de mais parcerias para tirar Alagoas do ranking de indicadores educacionais. Numa das mais conceituadas escolas de governo do mundo, a Blavatnik School of Government, da Universidade de Oxford, na Inglaterra, o governador afirmou que as primeiras conversas já apontam que o caminho para melhorar a educação é investir nas pessoas.

 

"Já melhoramos os salários dos professores e dos profissionais de educação, já destinamos R$ 100 todos os meses para os alunos de nossa rede. Agora, é hora de intensificar a qualificação dos gestores de nossas escolas e de continuar melhorando a qualidade de professores e técnicos. É o que estamos chamando de investir no capital humano", declarou Paulo Dantas, no primeiro dia de debates.

 

Nesta quinta-feira (24), o governador Paulo Dantas se encontrou com o empresário Jorge Paulo Lemann, fundador da Fundação Lemann, organizadora do “Encontro de Altas Lideranças”, em parceria com a Universidade de Oxford. Alagoas já conta com parcerias com a Fundação Lemann e a Fundação Gesto, que também participa do evento. O encontro terá três dias de programação. O objetivo é criar um espaço de diálogo e troca de experiências entre a sociedade civil, pesquisadores e lideranças públicas do Brasil e do mundo.

 

“A Blavatnik School of Government é um importante centro de excelência em pesquisas sobre gestão pública, inclusive contando com pesquisadores que se dedicam a estudar o Brasil. Por isso, esperamos que seja um momento importante de diálogo e troca de experiências. Ao reunirmos implementadores de políticas públicas do mundo todo, que são referência nas áreas em que atuam, estamos mais próximos da construção de um Brasil justo e avançado", afirma Denis Mizne, diretor executivo da Fundação Lemann.

 

O encontro reunirá especialistas, acadêmicos, membros de organizações da sociedade civil, lideranças públicas de diversos países, além de membros da equipe do gabinete de transição do governo federal, governadores e membros do Congresso Nacional, de diversos partidos e espectros políticos.

 

O convite não faz diferenciação entre os participantes, e envolve o custeio de hospedagem em quarto padrão e alimentação no próprio evento. Dentre os confirmados, estão 13 governadores – entre atuais, vices e eleitos em 2022 –, representando sete diferentes partidos políticos, o que confirma o caráter suprapartidário do encontro, com garantia da pluralidade e da representatividade de todas as regiões do Brasil.

 

A programação está sendo conduzida a partir das metodologias da Universidade de Oxford, onde está alocado um dos programas de pesquisa internacionais apoiados pela Fundação Lemann, o Lemann Foundation Programme. Entre os painéis, estão a apresentação de experiências internacionais inspiradoras, estudos de caso e falas de especialistas brasileiros e internacionais.