16/05/2024 14:52 | Tecnologia e Inovação

Governo anuncia incremento da banda larga pública em Alagoas, com expansão para o interior

Rede vai receber investimento de R$ 8 milhões e chegar a 1.100 km até 2026; conectividade no Centro de Inovação do Governo de Alagoas passa de 1 para 10 GB


Anúncio foi feito durante o Workshop de Tecnologia de Redes (WTR), organizado pelo ponto de presença da RNP (PoP-AL)

João Monteiro / Ascom Fapeal


Naísia Xavier / Ascom Fapeal

O Governo de Alagoas e a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) anunciaram nesta quarta (15) que a velocidade da internet disponível para o público do Centro de Inovação (CIPT) passou de 1GB para 10 GB. O anúncio foi feito pelo secretário da Ciência, da Tecnologia e da Inovação, Silvio Bulhões, junto ao diretor-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa, Fábio Guedes, durante o Workshop de Tecnologia de Redes (WTR), organizado pelo ponto de presença da RNP (PoP-AL), que é abrigado pela Fapeal.

 

O Centro de Inovação, no bairro de Jaraguá, é dedicado à inovação e recebe, em média, 1.200 pessoas por dia, num público composto pelos colaboradores das empresas tecnológicas sediadas lá, usuários dos espaços de coworking gratuito (24 horas, sete dias por semana) além de participantes de eventos públicos e privados, que se beneficiam do auditório e demais facilidades.

 

A rede de alta velocidade que proporciona este tipo de conexão, em Alagoas, é gerida pelo PoP-AL, que atende 38 clientes no momento, incluindo os campi das universidades públicas (federal e estaduais) e do Instituto Federal (Ifal), na capital e no interior, dentre outras instituições.




“Nossa alegria maior é por tudo o que vem acontecendo ao redor do WTR, frutos bem legais para a gente anunciar aqui hoje, concretizando um trabalho que já vinha sendo feito pelo PoP-AL. A RNP tem 100 Km de rede em Alagoas. Estamos saindo de 100 Km de rede para 1.100 Km, expandindo para fora da região metropolitana”, comemorou o secretário Silvio Bulhões, mencionando o investimento de R$ 8 milhões do MCTI, ao qual a RNP está vinculada. Metade da expansão está prevista até o fim de 2024, e o restante, para o final de 2026, sob a coordenação do PoP-AL.

 




Para o professor Fábio Guedes, a RNP já é uma parceira não só da Fapeal e da Secti, mas do Estado de Alagoas há muito tempo. “E se nós temos uma conectividade de qualidade, robusta, que atende todas as unidades de pesquisa do estado e as nossas universidades, é porque essa parceria vem dando certo há um bom tempo. E quem não conhece o PoP da RNP na Fapeal, sinta-se convidado. É só marcar hora para visitar. É um PoP muito bem preparado para servir ao cidadão alagoano”, explicou o gestor.   

 

Em Alagoas, o PoP da RNP tem a coordenação geral de Georginei Neri, assessor executivo de gestão interna da Fapeal, e coordenação técnica de Bruno Cavalcante.

 

O WTR continua quinta e sexta, com cursos técnicos para os profissionais de TI das instituições clientes do PoP-AL, ofertados pela Escola Superior de Redes da RNP.




Na solenidade onde foram feitos os anúncios também estiveram presentes Luiz Coelho, diretor-adjunto de serviços na RNP; Karine Silva, secretária especial de Gestão e Patrimônio na função de secretária interina da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag); a pró-reitora de pesquisa do Ifal, Eunice Palmeira; e a pesquisadora Rosaline Mota, do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Alagoas.