23/11/2022 15:59 | Educação

Estudantes alagoanos participam da 2ª fase da Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas neste sábado (26)

Na edição passada, Alagoas ficou em 2º lugar da região Nordeste em número de medalhistas

Noventa e oito escolas públicas se fizeram presentes na primeira etapa da olimpíada em Alagoas, realizada em agosto deste ano.

Thiago Ataíde


Ana Paula Lins / Ascom Seduc

Quatrocentos e vinte e sete estudantes alagoanos participam da 2º fase da Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEP), cuja aplicação acontece neste sábado (26) em todo o país. As provas terão questões teóricas e, possivelmente, práticas, e terão início às 13h.

 

Em Alagoas, a olimpíada é coordenada pelo Instituto de Física da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e conta com o apoio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Secretarias Municipais de Educação (Semeds) e Instituto Federal de Alagoas (Ifal). Noventa e oito escolas públicas se fizeram presentes na primeira etapa da olimpíada no estado, realizada em agosto deste ano. Ao todo, 28.176 estudantes do 9º ano do ensino fundamental e de todo o ensino médio se inscreveram na competição.

 

Segundo dados da coordenação estadual da OBFEP, Alagoas foi o segundo estado do Brasil - e o segundo do Nordeste - com o maior número de estudantes cadastrados na olimpíada na primeira fase, ficando atrás apenas do Ceará. Dos 28.176 inscritos no estado, 21.869 foram alunos da rede estadual, o que equivale a aproximadamente 78% de todos os participantes da competição. Além disso, das 98 escolas participantes na primeira etapa, 84 foram da rede estadual, o que representa 86% das instituições cadastradas no evento.

 

“Nos últimos anos, temos alcançado excelentes resultados na OBFEP, uma olimpíada que, além de despertar o interesse pela física e pelas ciências da natureza, ajuda a preparar nossos alunos para o Enem e outras provas, trazendo uma contribuição importante a ações que já empreendemos neste sentido, a exemplo do Programa Foca no Enem e demais programas de recomposição de aprendizagem. Por isso, desejo a todos os jovens uma excelente prova neste sábado. Tenho certeza que teremos excelentes resultados”, destaca a secretária de Estado da Educação, professora Roseane Vasconcelos.

 

Edição 2021

Em 2021, Alagoas teve o sexto melhor desempenho do Brasil na OBFEP, somando 20 medalhas na competição e sendo precedido por São Paulo (50 medalhas), Minas Gerais (47), Ceará e Paraná (empatados com 24 medalhas), além do Rio de Janeiro, com 22. No Nordeste, Alagoas foi segundo lugar, ficando atrás apenas do Ceará.

 

Destas 20 medalhas, uma foi ouro, nove foram prata e dez foram bronze. As premiações foram conquistadas pelo Colégio Tiradentes da Polícia Militar (CPM) Unidades Maceió e Agreste, Escola Estadual Fernandes Lima, de Maceió, e Instituto Federal de Alagoas (Ifal) – Campus Palmeira dos Índios. Destaque para o CPM que, sozinho, somou 18 medalhas – sendo duas da unidade Agreste e 16 da unidade Maceió.

 

A premiação dos medalhistas da edição 2021 acontecerá no dia 07 de dezembro no auditório do Instituto do Meio Ambiente (IMA), no Shopping Cidade, a partir das 10h. Ao todo, serão 36 alunos premiados nas edições estadual e nacional da olimpíada.