11/05/2022 13:27 | Educação

Estudante da rede estadual representará Alagoas no concurso Jovem Senador

Rhilary Kevinny Martins Feitosa, aluna da Escola Estadual Senador Arnon de Mello, atuará como parlamentar em Brasília durante uma semana

Jovem de Feliz Deserto foi campeã em concurso de redação e irá representar Alagoas no Jovem Senador

Cortesia


Ana Paula Lins / Ascom Seduc

Uma aluna da rede estadual de ensino vai representar Alagoas na edição 2022 do concurso de redação Jovem Senador. Rhilary Kevinny Martins Feitosa, aluna da Escola Estadual Senador Arnon de Mello, da pequena Feliz Deserto, no sul do Estado, vai atuar como parlamentar em Brasília no período de 27 de junho a 1º de julho.

Na ocasião, os representantes dos 27 estados brasileiros terão uma vivência legislativa, apresentando e defendendo seus projetos de lei. Após dois anos de pausa em virtude da pandemia da COVID-19, o projeto retorna em um ano especial, quando comemoramos o bicentenário da Independência do Brasil.

Aluna da 2ª série do ensino médio, Rhilary, de 16 anos, desenvolveu sua redação com o apoio da professora Jéssica Melo. “Estamos fazendo redações desde o ano passado. A gente conversava e as ideias fluíam”, conta a jovem.

No texto, a jovem destaca que, após 200 anos, a desigualdade social ainda persiste no país. “O Brasil possui problemas provenientes do período colonial que não foram reparados após a independência, como a falta de equidade entre negros e brancos”, aponta Rhilary em sua redação.

Orgulho

A garota se diz surpresa e, ao mesmo tempo, orgulhosa, por representar Alagoas e seu município em um projeto do porte do Jovem Senador. “Ligaram aqui para casa e, quando meu pai atendeu, avisaram que eu havia sido selecionada. Fiquei em choque, mas também muito feliz. Sou de uma cidade pequena, de quatro mil habitantes e, aqui, todos comemoram essa conquista. Estou muito orgulhosa por representar Alagoas e a minha cidade como Jovem Senadora. Darei o meu melhor”, garante Rhilary.

Quando indagada sobre a semelhança de seu nome com o de uma das mais destacadas lideranças femininas mundiais – a ex-primeira dama e senadora norte-americana Hillary Clinton –,  a garota se diverte. “Foi meu pai quem escolheu meu nome”, revela.

A equipe gestora da Escola Estadual Arnon de Mello não esconde a alegria pela conquista da aluna. “Ter a Rhilary como Jovem Senadora mostra que estamos no caminho certo. Como educador, sou grato a Deus por sermos instrumentos para o bem de toda a comunidade”, diz, emocionado, o diretor Eraldo Santos Reis.

Para o secretário de Estado da Educação, José Márcio de Oliveira, incentivar os jovens da rede pública a participação política é também parte do processo educacional. “A educação abrange também o fomento à participação política nos nossos alunos. Será uma experiência incrível para a Rhilary poder vivenciar o trabalho do poder legislativo em Brasília. Além de ser algo que ela conquistou pelo mérito de uma redação bem escrita e desenvolvida, outro elemento trabalhado na nossa rede. Certamente essa experiência agregará muito a ela e iremos seguir trabalhando para que mais jovens alagoanos vivenciam experiências semelhantes a estas”, ressalta.