26/05/2022 08:36 | ServiçosSegurança

Corpo de Bombeiros registra 11 ocorrências e mais de 100 pessoas retiradas de área de risco por causa das chuvas

Municípios mais críticos são Palmeira dos Índios, Murici, Penedo e Feliz Deserto

Corpo de Bombeiros continua monitorando as ocorrências provocadas pelas chuvas intensas em Alagoas

Divulgação


Fábia Assumpção

O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas registrou 11 ocorrências, das 18 horas da quarta-feira (25) até as 7h30 desta quinta-feira (26), por causa das intensas chuvas que atingem várias regiões do Estado. Foram registradas quatro ocorrências de inundação, com 13 vítimas socorridas e retirada de 102 famílias em três ocorrências em áreas de risco. Houve registro também de queda de árvores, resgate de animal e um afogamento.

As situações mais críticas são em Palmeira dos Índios, Murici, Penedo e Feliz Deserto.  Dois municípios estão em estado de alerta: Rio Largo e Paripueira.  No município de Feliz Deserto, um dos mais afetados pelas chuvas na região sul do estado, o Corpo de Bombeiros atendeu cerca de 100 vítimas das chuvas, a maioria moradoras de área de risco. Apesar das orientações da Defesa Civil, algumas famílias se recusaram a deixar suas casas.

Em São Miguel dos Campos, houve a remoção de quatro integrantes de uma família, cuja casa foi tomada pelas águas.  No município também foram resgatadas quatro pessoas que se encontravam ilhadas e outra que se encontrava no telhado de uma casa inundada.  Em Maceió, quatro pessoas, de uma mesma família, foram retiradas de um local alagado e estão sob o cuidado da Defesa Civil Municipal.

A Sala de Alerta instalada no Corpo de Bombeiros, instalada na quarta-feira (25), continua monitorando as ocorrências provocadas pelas chuvas intensas. Todo o sistema de Corpo de Bombeiros está em estado de alerta, com 134 militares e 34 viaturas em regime de prontidão e foi feito um plano de chamada para suspensão das folgas de todo o contingente.

Previsão de mais Chuvas

De acordo com Alerta Hidrológico da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), a previsão é de continuidade das chuvas nesta quinta-feira (26) em todo o Estado, principalmente nas regiões do Agreste, Litoral, Zona da Mata e Baixo São Francisco.

A Semarh alerta que os níveis dos rios Mundaú e Paraíba estão elevados e impactando o volume de água das lagoas Mundaú e  Manguaba, que atingiram o transbordamento desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira. As lagoas deverão permanecer em elevação, agravando ainda mais a situação no decorrer dos próximos dias.

Há possibilidade de inundação das casas mais próximas ao leito das lagoas, além de alagamentos em áreas urbanas com deficiência de drenagem, caso ocorram pancadas de chuva intensas nessas regiões. Também deverão continuar ocorrendo inundações nos rios que não são monitorados em tempo real, como Jacarecica, Rio Santo Antônio, Rio Camaragibe e Rio Manguaba.

É importante o acompanhamento diário da previsão do tempo, juntamente com o monitoramento dos níveis dos rios pelo site da Semarh através dos links:

http://www.semarh.al.gov.br/tempo-e-clima/previsao

http://www.semarh.al.gov.br/boletim-hidrologico

A Sala de Alerta segue monitorando as condições sinóticas e novas atualizações

poderão ser enviadas a qualquer momento.

Sala de Alerta - Rede de Monitoramento Hidrometeorológico.