10/08/2021 08:10 | Covid-19

Alagoas registra mais de dois milhões de doses aplicadas contra a Covid-19

Mais de um 1,4 milhão de alagoanos tomaram a primeira dose e mais de 590 mil as duas doses ou a dose única

Carla Cleto


Bia Alexandrino

Com o avanço da campanha de vacinação contra o novo coronavírus, o Estado de Alagoas atingiu a marca das 2.007.835 de doses aplicadas, com isso as faixas etárias vêm diminuindo cada vez mais. Desse número, mais de um 1,4 milhão de alagoanos tomaram a primeira dose e mais de 590 mil tomaram as duas doses ou tomaram a vacina de dose única.

Vale lembrar que, de acordo com dados do Ministério da Saúde (MS), alguns grupos já têm porcentagem expressiva de pessoas com o esquema vacinal completo, como é o caso dos trabalhadores da saúde (93,89%) e pessoas com 60 anos ou mais (89,9%).

Contando com todas as faixas etárias, Alagoas aplicou as duas doses da vacina em 24,9% dos alagoanos. Quando esse número chegar a 30% vai significar que uma a cada três pessoas já vai estar com o esquema vacinal completo.

O secretário de Estado da Saúde (Sesau), Alexandre Ayres, espera vacinar todas as pessoas com mais de 18 anos até outubro. “Estamos nos aproximando da meta de vacinar todos os adultos com a primeira dose até outubro. Não deixe de se vacinar. Vacinas salvam vidas! Faça a sua parte!”, afirmou Alexandre em suas redes sociais.

Balanço – Até agora Alagoas recebeu do Ministério da Saúde 2.707.560 doses das vacinas CoronaVac, AstraZeneca, Pfizer e Janssen. No total, o Programa Nacional de Imunização (PNI) em Alagoas, órgão vinculado à Sesau, já distribuiu 2.339.431 doses de vacinas para os 102 municípios.

Desde o início da Campanha Estadual de Vacinação em Alagoas, em 19 de janeiro deste ano, foram aplicadas 2.007.835 doses. Deste total, 1.414.806 pessoas tomaram a primeira dose (D1) e 593.029 já foram imunizadas com a segunda dose (D2) e dose única (DU).

E para que a luta contra a Covid-19 seja mais efetiva é preciso continuar atento aos cuidados no combate ao vírus, inclusive para evitar a proliferação de novas variantes. Por isso, não esqueça:- Use máscara ao sair de casa;- Respeite os protocolos de distanciamento social;- Lave suas mãos com frequência. Use sabão e água ou álcool em gel;- Evite tocar os olhos, nariz ou boca;- Cubra nariz e boca com o braço dobrado ou um lenço ao tossir ou expirar;- Fique em casa se você se sentir indisposto;- Procure atendimento médico se tiver febre, tosse e dificuldade para respirar.